Eu falo, e você entende?

Quantas vezes eu falo e o ouvinte não entende? Não entende porque eu falei enrolado, ou porque falei com um entonação subjetiva, ou ainda porque eu nem quis ser tão eloquente,  ou ainda porque qualquer um entende do jeito que quer? E quem tá errado? O coitado que ficou me ouvindo e não entendeu nada ou eu que não me expressei direito?

E quem disse que eu devo ser expressiva em tudo que eu falo? Talvez nunca serei tão clara para outra pessoa, senão para eu mesma, e devo reforçar que qualquer advogado concordaria comigo. Todas as frases proferidas tem tantas interpretações quanto pessoas estiverem presentes, e fica ainda mais amplo quando estas frases são repassadas a outras pessoas e assim por diante.

Talvez por isso tantas pessoas divagam idéias que muitas vezes não são compreendidas, ou são compreendidas de muitas formas, com inclinações distintas.. Mas enfim, quem está errado? Ninguém.. E porque será que tantas pessoas discutem isso?

Afinal, cada um tem sua característica própria, sua maneira única de compreenção e execução. Deixe-me interpretar do meu jeito, sim!!???!!!! É meu mesmo…

Anúncios

Um pensamento sobre “Eu falo, e você entende?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s